PT-BR 
Estudo Newsletter Fale conosco
BUSCA    
POR QUE ALLAN KARDEC?
SOBRE O GEAK
REVISTA ESPÍRITA
ESTUDOS
VOCABULÁRIO
ARTIGOS
E-BOOKS GRÁTIS
INTERAÇÃO COM OS ESPÍRITOS
Links
Humildade - segundo Lachâtre

HUMILDADE


Termo do Nouveau Dictionnaire Universel, de Maurice Lachâtre, traduzido do francês pela Equipe do GEAK.


Humildade – s. f. (do lat. Humilitas, mesmo sentido; rad. Humilis, humble).

 

Virtude que reprime em nós o orgulho; disposição moral que nos lembra nossa fragilidade sem nos rebaixar; tendência de nosso coração e de nosso espírito para combater nossos sentimentos de vaidade. Grande humildade. Profunda humildade. Fazer atos de humildade. Praticar a humildade. Sofrer injúrias com humildade. Em muitos falsos devotos o orgulho é o princípio da humildade. A humildade à prova da grandeza é a principal obra da graça. (Bourdaloue) Nós nos limitaremos a dizer que a humildade é a modéstia da alma. (Voltaire) A humildade, enquanto virtude, é, por assim dizer, a perfeição da modéstia. A modéstia é uma marca de bom gosto e de bom senso, uma das graças da linguagem, da decência e da conduta. A humildade é menos exterior; em nosso coração e em nosso espírito é um ato de alta razão, que nos eleva tanto mais quanto mais nosso sentimento e nosso julgamento sobre nós mesmos forem mais ponderados. Pode-se ter motivos de interesse na modéstia; a experiência, que se encarrega de nos ensinar muito frequentemente às nossas custas, não nos desembaraça sempre do orgulho; ela nos faz ver o que arriscamos ao mostrá-la e o que ganhamos deixando-a na sombra. O que há de mais hábil do que não elogiar a si mesmo, do que parecer não buscar o louvor que se espera? Esse papel é suficiente para a modéstia, mas não para a humildade. Ser humilde não é dissimular seu orgulho, é suprimi-lo; é dizer-se: Eu sou apenas um homem, elo frágil na cadeia das gerações. Os Latinos não tinham palavra equivalente à humildade, empregada nesse sentido; o que eles entendiam por modéstia não era senão uma moderação de desejos, de afeições e de ações, enquanto a humildade indica um sentimento de si mesmo regrado não somente sobre o conhecimento que temos da fragilidade do homem, mas também sobre a grandeza de Deus comparada à natureza das coisas daqui da Terra. Humilitas, para os Latinos, continha ideias de aviltamento, de desonra, de desprezo e de indignidade de condição. Deferência, submissão, rebaixamento. Pedir, alguém, com toda humildade. Confessar com humildade que se cometeu faltas. Fam. Com toda humildade, tão humildemente quanto possível. Os antigos representavam a Humildade sob a figura de uma mulher que segura na mão um cesto de pão e tem um saco sobre os ombros. Vestida simplesmente, ela calca sob os pés vestimentas preciosas, um espelho e um pavão. A arte cristã representa a Humildade por uma mulher, cabeça abaixada e os braços cruzados. Ao lado dela está um cordeiro, símbolo da doçura, e sob seus pés uma coroa, para indicar o pouco caso que ela faz das grandezas.

topo da página voltar imprimir indicar