PT-BR 
Estudo Newsletter Fale conosco
BUSCA    
POR QUE ALLAN KARDEC?
SOBRE O GEAK
REVISTA ESPÍRITA
ESTUDOS
VOCABULÁRIO
ARTIGOS
E-BOOKS GRÁTIS
INTERAÇÃO COM OS ESPÍRITOS
Links
Frases
O homem é, ao mesmo tempo, um ser muito singular e muito fraco. É singular no sentido de que, mesmo em meio aos fenômenos que o cercam, não deixa de seguir a sua rotina, espiritualmente falando. É fraco porque, depois de ter visto e ter-se convencido, ri porque seu vizinho riu e não pensa mais naquilo. E notai que aqui falo, não de seres vulgares, sem reflexão e sem experiência. Não. Falo de gente inteligente e, na maioria, esclarecida.
Autor: Lamennais
Fonte: Revista Espírita, agosto de 1860 - Ditados espontâneos e dissertações espíritas - A eletricidade espiritual.
Que é a caridade? É o atributo especial da alma que, em suas ardentes aspirações para o bem, se esquece de si mesma e se consome em esforços pela felicidade do próximo.
Autor: De Grand-Boulogne, doutor em Medicina, Antigo vice-cônsul da França.
Fonte: Revista Espírita, agosto de 1860 - CONCORDÂNCIA ESPÍRITA E CRISTÃ
O saber está muito abaixo da caridade; ele nos eleva na hierarquia espírita, mas não contribui para o restabelecimento da ordem perturbada pelo mau. O saber nada expia, nada resgata, em nada influi sobre a justiça de Deus. A caridade, ao contrário, expia e apazigua. O saber é uma qualidade; a caridade, uma virtude.
Autor: De Grand-Boulogne, doutor em Medicina, Antigo vice-cônsul da França
Fonte: Revista Espírita, agosto de 1860 - CONCORDÂNCIA ESPÍRITA E CRISTÃ
O poder da fé se demonstra, de modo direto e especial, na ação magnética; por seu intermédio, o homem atua sobre o fluido, agente universal, modifica-lhe as qualidades e lhe dá uma impulsão por assim dizer irresistível.
Autor: Allan Kardec
Fonte: O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. XIX, item 2
... E eu aperto mais cordialmente a mão de um homem humilde, cujo coração estou a ouvir, do que a de um potentado cujo peito emudeceu. A primeira me aquece, a segunda me enregela.
Autor: Allan Kardec
Fonte: Viagem Espírita em 1862, discurso I - pronunciado nas reuniões gerais dos espíritas de Lyon e Bordeaux.
Para mim, um homem é um homem, isto apenas! Meço seu valor por seus atos, por seus sentimentos, nunca por sua posição social.
Autor: Allan Kardec
Fonte: Viagem Espírita em 1862, discurso I - pronunciado nas reuniões gerais dos espíritas de Lyon e Bordeaux.
Para a maioria dos homens, o dinheiro tem ainda irresistível atrativo, e bem poucos compreendem a palavra supérfluo quando se trata de si. Por isso mesmo, a abnegação da personalidade constitui sinal do mais eminente progresso.
Autor: Allan Kardec
Fonte: O Livro dos Espíritos, Conclusão, VII
"Não ridicularizar as ações dos homens, não chorar sobre elas, não as detestar, mas adquirir delas um conhecimento verdadeiro."
Autor: Spinoza
Fonte: Tratado Político, I, 4
A prece é o veículo dos fluidos espirituais mais poderoso, e é como um bálsamo salutar para as feridas da alma e do corpo. Atrai todos os seres para Deus, e, de certo modo, faz a alma sair da espécie de letargia em que se acha mergulhada, quando esquece os deveres para com o seu Criador.
Autor: São Bento
Fonte: Revista Espírita, fevereiro de 1866 - O naufrágio do Borysthene.
A vontade é o móvel propulsor da vida, é a força que fará brotar a luz interior que dormita em todo o Espírito. É o impulso para o crescimento, para a liberdade.
Autor: Rousseau
Fonte: Psicografada no GEAK, em 18 de outubro de 2010
Quando o Espírito desperta, quando sua vontade é tão grande, seu desejo tão potente, abrem-se-lhe as portas da alma para compreender, na imensidão do Universo, os desígnios de Deus.
Autor: Sem nome
Fonte: Psicografada no GEAK, em 18 de outubro de 2010
Podemos ter nossa opinião, sustentá-la e discuti-la, mas o meio de nos esclarecermos não é nos estraçalhando, processo pouco digno de homens sérios e que se torna ignóbil desde que entre em jogo o interesse pessoal.
Autor: Allan Kardec
Fonte: Revista Espírita, março de 1858 - Magnetismo e Espiritismo
Àquele que nutre contra seu próximo sentimentos de animosidade, ódio, ciúme e rancor, falta caridade; ele mente, se se diz cristão, e ofende a Deus.
Autor: Allan Kardec
Fonte: O Espiritismo em sua mais simples expressão, 58
A crença no Espiritismo só é proveitosa para aquele de quem se pode dizer: hoje está melhor do que ontem.
Autor: Allan Kardec
Fonte: O Espiritismo em sua mais simples expressão, 38.
Ouve-se constantemente dizer que a ingratidão com que somos pagos, endurece o nosso coração e nos torna egoístas. Falar assim é provar que se tem o coração fácil de ser endurecido, uma vez que esse temor não poderia deter o homem verdadeiramente bom.
Autor: Allan Kardec
Fonte: Viagem Espírita em 1862, Discursos pronunciados nas reuniões gerais dos espíritas de Lyon e Bordeaux - Discurso I.
Ninguém, pois, se iluda: o estudo do Espiritismo é imenso; interessa a todas as questões da metafísica e da ordem social; é todo um mundo que se abre diante de nós. Será de admirar que o efetuá-lo demande tempo, muito tempo mesmo?
Autor: Allan Kardec
Fonte: O Livro dos Espíritos, Introdução, item XIII
Quem deseje tornar-se versado numa ciência tem que a estudar metodicamente, começando pelo princípio e acompanhando o encadeamento e o desenvolvimento das idéias. Que adiantará àquele que, ao acaso, dirigir a um cientista perguntas acerca de uma ciência cujas primeiras palavras ignore?
Autor: Allan Kardec
Fonte: O Livro dos Espíritos, Introdução, item VIII.
O Espiritismo é uma Ciência e, como qualquer outra Ciência, não se aprende brincando. Além do mais, tomar as almas que se foram como assunto para distração seria faltar ao respeito a que fazem jus; especular sobre sua presença e sua intervenção seria impiedade e profanação.
Autor: Allan Kardec
Fonte: Revista Espírita, maio de 1861 - Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas
“Disse Pitágoras que a Medicina é a mais divina das artes. Se a Medicina é a mais divina das artes, é necessário que o médico se ocupe da alma ao mesmo tempo que do corpo. Como um ser poderia ser são, quando a parte mais importante está doente?”
Autor: Apollonius de Tyane
Fonte: Revista Espírita, outubro de 1862 - Apolônio de Tiana
“Os homens mais sábios são os mais breves em seus discursos. Se os tagarelas sofressem o que fazem sofrer os outros, não falariam tanto.”
Autor: Apollonius de Tyane
Fonte: Revista Espírita, outubro de 1862 - Apolônio de Tiana
O amor de Deus é de toda a eternidade. Para esclarecer os homens, enviou sábios, profetas, o Salvador Jesus Cristo. Não é uma prova de seu infinito amor? Como, porém, receberam os homens esse amor? Melhoraram?
Autor: Sem nome
Fonte: Revista Espírita, março de 1862, Ensinos e dissertações espíritas - A reencarnação
Pedir o homem conselhos aos Espíritos não é entrar em entendimento com potências sobrenaturais; é tratar com seus iguais, com aqueles mesmos a quem ele se dirigiria neste mundo: a seus parentes, seus amigos, ou a indivíduos mais esclarecidos do que ele.
Autor: Allan Kardec
Fonte: A Gênese, cap. I, item 60
Fé inabalável só o é a que pode encarar a razão face a face, em todas as épocas da humanidade.
Autor: Allan Kardec
Fonte: O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. XIX, item 7
O homem que julga infalível a sua razão está bem perto do erro. Mesmo aqueles cujas idéias são as mais falsas se apóiam na sua própria razão, e é por isso que rejeitam tudo o que lhes parece impossível.
Autor: Allan Kardec
Fonte: O Livro dos Espíritos, Introdução, item VII
Nunca a abjuração forçada deu a quem quer que fosse a fé; apenas pode fazer hipócritas. É um abuso da força material, que não prova a verdade. A verdade é senhora de si: convence e não persegue, porque não precisa perseguir.
Autor: Allan Kardec
Fonte: O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. XXVIII, item 51
A vontade não é um atributo especial do espírito; é o pensamento chegado a um certo grau de energia; é o pensamento transformado em força motriz.
Autor: Allan Kardec
Fonte: Revista Espírita, dezembro de 1864 - Da comunhão de pensamentos.
O perfume que se exala de todos os bons sentimentos é uma prece constante que se eleva para Deus, e todas as boas ações são ações de graça ao Eterno.
Autor: SRA. VICTOR HUGO
Fonte: Revista Espírita, dezembro de 1868.
Assim como muitas vezes as lisonjas dos amigos nos pervertem, assim os insultos dos inimigos nos corrigem.
Autor: Santo Agostinho
Fonte: Confissões, livro nono, cap. VIII – Mônica.
Reservar-se o direito de atacar e não admitir resposta é um meio cômodo de ter razão. Resta saber se é o de chegar à verdade.
Autor: Allan Kardec
Fonte: Revista Espírita, outubro de 1862 – Resposta a “Abeille Agenaise, pelo Sr. Dombre.
Antes de negar, é prudente estudar e observar. Para julgar uma coisa é preciso conhecê-la. A crítica só é permissível ao que fala do que sabe. Que seria dito de um homem que, ignorando música, criticasse uma ópera? Ignorando as primeiras noções de literatura, criticasse uma obra literária?
Autor: Allan Kardec
Fonte: Revista Espírita, dezembro de 1862 – O Espiritismo em Rochefort.
Se estiverdes em dúvida, fazei sempre o bem: os erros do Espírito pesam menos na balança de Deus que os erros do coração.
Autor: Allan Kardec
Fonte: Revista Espírita, fevereiro de 1862 – Resposta à mensagem de Ano Novo dos espíritas lioneses.
O melhor soldado não é o que ergue mais alto o sabre, mas o que corajosamente sacrifica a própria vida.
Autor: Allan Kardec
Fonte: Revista Espírita, novembro de 1861 - Discurso do Sr. Allan Kardec
O melhor meio de provar a realidade do efeito [do Espiritismo] é fazer sua aplicação a si mesmo.
Autor: Allan Kardec
Fonte: Revista Espírita, novembro de 1861 - Discurso do Sr. Allan Kardec
Antes de fazer a coisa para os homens, é preciso formar os homens para a coisa, como se formam obreiros, antes de lhes confiar um trabalho.
Autor: Allan Kardec
Fonte: Viagem Espírita em 1862
topo da página voltar imprimir